Ter Sempre os Pés Frios É Normal?


“Fulano é pé frio!” - significa que é um azarado, um medroso, assustado. Os ditos populares têm a sua sabedoria. Então qual será a verdadeira razão desta expressão?


Será que é normal ter os pés frios?


O ser humano tem uma capacidade incrível de se adaptar às agruras da vida. E acima de tudo “de empurrar os problemas com a barriga”, contornar as situações sem as resolver de verdade, correndo o risco de as agravar cada vez mais.


Ter os pés frios na realidade é um sinal do corpo de que a energia não está circular como deveria e esta deficiência pode afeta-nos ao nível físico, intelectual e emocional.

Sintomas como tristeza, medo cansaço, dores de cabeça, cabelo fraco, problemas genito-urinários, intestino solto, etc podem ser consequência da situação crónica de ter os pés frios, a que muitos consideram normal .

No caso específico da mulher ela precisa ainda mais manter os pés quentes para proteger o seu útero (pois os órgão estão todos ligados e nós somos um todo).


O corpo é sábio e está constantemente a dar-nos sinais mas infelizmente a grande maioria de nós já perdeu essa sensibilidade, esse diálogo interno, essa intuição.

Neste caso específico, quando temos constantemente os pés frios, o corpo está a gritar que tem muita humidade no corpo, a energia está estagnada e que tem determinados órgãos afetados.


“Então o que posso fazer para mudar esta minha condição?”

Podem estar alguns de vós, neste momento a perguntar.


Na maioria dos casos, com passos muito simples pudemos alterar esta condição num espaço de tempo muito curto.

São passos simples mas profundos e definitivos e não dicas nem “mezinhas” que prometem milagres sem trabalho nenhum interno, nem mudança de hábitos:

- Alterar hábitos alimentares – Há um consumo exagerado de consumo de produtos extremados. Seco, Sal /húmido, açúcar em detrimento de alimentos que nos aquecem e fortalecem de verdade;

- Alterar a vida sedentária para uma vida mais ativa fisicamente com exercícios adequados às necessidades e gostos de cada um;

- Exercícios respiratórios;

- Tratamentos caseiros como o escalda pés com água quente e gengibre

- Alterar alguns hábitos de vestir, sobretudo no Inverno. Por incrível que possa parecer, em alguns casos, até a forma mais saudável e eficiente de vestir foi esquecida em detrimento da moda e do preço baixo:

• Usar roupas de lã ou de algodão em vez de fibras baratas que para além de não aquecerem, bloqueiam a nossa energia

• Proteger a zona dos rins e ventre

• Calçado, meias quentes de lã ou algodão, botas quentes de cano médio alto com uma sola isolante.


Como já puderam perceber ter pés frios é um sinal de falta de saúde. Ora uma pessoa sem saúde, com o sangue acidificado, deprimida, triste, tem menos capacidade de raciocínio, menos capacidade intuitiva de se aperceber do ambiente que a rodeia, “é um prato cheio para ter azar na vida”, a ter falta de condição para encarar as dificuldades da vida.


“Ah mas eu tenho pés frios e não sinto nada disso!”

Podem alguns de vós pensar ao ler este artigo. Pode até ser verdade, mas isso também poderá significar que os problemas de saúde existem mas não estão visíveis e que mais tarde ou mais cedo, de uma forma ou de outra irão se refletir.

Estes são alguns dos itens que falo nas minhas Palestras, Mentorias e Aulas de Culinária Vitalizante e que seguramente ajudam as pessoas a tomarem as rédeas das suas vidas, da sua saúde e claro, neste caso, ficar com os pés bem quentinhos.


Abraço vitalizante

Paula Perdigão

73 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

© 2020  Orgulhosamente criado por Pedro Ascenso